Ouça agora na Rádio

Um ano histórico com sabor de título: relembre como foi a temporada 2021 do FC Cascavel

Assessoria

Postado em 14/10/2021 por

Compartilhe agora

Com a melhor campanha em seus 13 anos de fundação, equipe aurinegra fez história e conquistou uma legião de novos torcedores

A temporada de 2021 chegou ao fim e neste ano o Futebol Clube Cascavel fez sua melhor campanha em 13 anos de fundação. Mesmo com um 2020 também histórico para a Serpente Aurinegra, durante a pré-temporada que teve início no dia 13 de janeiro, o torcedor não poderia imaginar que este ano seria ainda melhor.

Com uma invencibilidade de 22 jogos e com o vice-campeonato Paranaense também de forma invicta, os bons resultados e números não negam que a forma de administração da atual diretoria, pautada no planejamento e na organização dentro e fora do campo, podem sim continuar a alavancar significativamente o crescimento do clube em um futuro muito próximo.

Neste ano, time da Serpente Aurinegra entrou em campo 35 vezes, somando as competições da Copa do Brasil, Campeonato Paranaense e Brasileiro da Série D. Dos jogos disputados, o time cascavelense obteve 16 vitórias, 16 empates e apenas 3 derrotas, o que corresponde a 60% de aproveitamento, com 53 gols marcados e 38 sofridos.

Outro fator que chama a atenção é a força da Serpente quando atua no Estádio Olímpico Regional Arnaldo Busatto. Em 2021 foram 18 jogos em casa, sendo 11 vitórias, 6 empates e 1 única derrota. Os atacantes aurinegros balançaram as redes 28 vezes quando jogaram em casa, uma média de 1,5 gol por jogo. Em seus domínios, o time sofreu 17 gols, média de 1,0 por partida.

Todos esses números refletem no aproveitamento de 72% enquanto mandante, estatística muito próxima da equipe do Flamengo, que possui 73,3% de aproveitamento jogando em casa.

Localizado no oeste do estado do Paraná, o time do Cascavel chamou a atenção de todo o país devido os feitos que foi conquistando ao longo de 2021. O primeiro deles foi em sua estreia na Copa do Brasil, quando eliminou na 1ª fase o tradicional time do Figueirense vencendo por 2×1 de virada.

No Campeonato Brasileiro da Série D, competição que disputou pelo segundo ano consecutivo, a equipe da Serpente Aurinegra também teve grandes resultados que chamaram atenção. Principalmente na fase de grupos, onde liderou boa parte e se destacou como uma das equipes com o melhor aproveitamento do campeonato.

É importante destacar que neste ano o Futebol Clube Cascavel ficou entre os 80 melhores times do futebol Brasileiro, somados os 20 times da Série A do Brasileirão, 20 equipes da Série B e 20 da disputa da Série C, mais os 32 classificados para a segunda fase da Série D, onde na classificação geral a Serpente Aurinegra terminou a sua participação na 16ª posição. Ou seja, o 76º lugar no Brasil.

Já no Campeonato Paranaense a história foi ainda mais bonita e construída com 17 jogos de invencibilidade, o que levou a Serpente Aurinegra para a final da competição estadual. Durante todo o campeonato, o time comandado pelo técnico Tcheco foi construindo novos capítulos e quebrando marcas. Em 2020, o time teve a 3ª melhor campanha do estadual, já neste ano foi o 2º melhor time do Paraná.

Além do vice-campeonato Paranaense, a equipe do Cascavel foi a única que venceu os quatro grandes times do estado: Athletico Paranaense, Coritiba, Paraná e Operário. Destaque para a vitória de virada sobre o Athletico na semifinal da competição, que levou a Serpente Aurinegra para a grande final.

A grande decisão não tinha um representante da cidade de Cascavel desde 1980, ou seja, 41 anos depois o FC Cascavel mostrou sua força e de sua torcida e se colocou com um dos clubes na briga para conquistar o estadual do ano que vem.

Por falar em torcida, mesmo durante tanto tempo sem a presença de público nos estádios devido a pandemia do Covid-19, os 3.681 torcedores aurinegros deram um show nas arquibancadas do Olímpico Regional Arnaldo Busatto, que promete estar ainda mais cheio para 2022. Mas enquanto isso não chega, podemos destacar que nossa torcida foi a maior já vista nesta temporada pelos clubes que disputaram o Paranaense 2021.

Dentro de campo, a artilharia da temporada ficou com o meio-campista Robinho que marcou 14 vezes, seguido dos atacantes Léo Itaperuna com 13, Carlos Henrique com 5 e do zagueiro William Gomes com 4 gols marcados.

Com todos esses números e uma temporada histórica, o Futebol Clube Cascavel garantiu novamente vaga para três competições em 2022: Copa do Brasil pelo segundo ano seguido, sua terceira participação no Campeonato Brasileiro da Série D e Campeonato Paranaense, onde figura na 1ª divisão desde 2015.

Fora de campo, o clube também deu outro show! Em três anos já foram vendidas mais de 160 mil camisas, todas elas a preços populares e acessíveis, iniciando em R$29,90. Só em 2020 foram mais de 60 mil unidades, e nesta temporada a marca já ultrapassa 50 mil camisas comercializadas.

O clube também se preocupou com a população de Cascavel, e está à frente de diversos projetos sociais, entre eles a Fábrica Cascavelense de Cidadão que atende mais de mil crianças e adolescentes de 7 a 15 anos em 6 escolinhas de futebol espalhadas pela cidade. No projeto são distribuídos aos alunos os uniformes e calçados para a prática esportiva. Além disso, o clube também oferece aos atletas destaque uma oportunidade de integrar as categorias de base da equipe.

O projeto também pretender expandir suas ações para mais bairros na nossa cidade e futuramente alcançar cidades do oeste e sudoeste do Paraná. O grande objetivo é se envolver mais com as comunidades, promover ações sociais como forma de agradecer esse apoio recebido pela população,

A Serpente Aurinegra também apoia o FC Cascavel Down, time de futsal integrado por atletas com deficiência. A parceria também a envolvendo a Apae de Cascavel e o Paradesporto SECESP (Secretaria Municipal de Cultura e Esportes).

Tudo isso mostra os o novo modelo de gestão proposto pela diretoria e seus mais de 120 acionistas estavam certos. Atualmente, o Cascavel é um dos poucos clubes no Brasil que possui todas as certidões negativas, realizando pagamentos em dia, sem dívidas e sem processos trabalhistas.

A receita para se construir uma equipe campeã vai muito além da bola no fundo da rede, das vitórias e do que é feito nas quatro linhas.  Foi com esse pensamento que o Cascavel chegou até o time do dia 13 de outubro de 2021 e se tornou vice-campeão paranaense.

Assessoria

Deixe um comentário

Estamos felizes por você ter optado por deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de comentários.