Ouça agora na Rádio

Biblioteca Pública do Paraná consolida sua presença online em 2021

José Fernando Ogura

Postado em 28/12/2021 por

Compartilhe agora

Projetos como o Prêmio Biblioteca Digital, selo editorial Biblioteca Paraná e jornal Cândido levaram o site da instituição a registrar um aumento de 75% do número de acessos com relação a 2020

Fechada em março do ano passado em virtude da pandemia, a Biblioteca Pública do Paraná (BPP) começou 2021 com o objetivo de consolidar sua presença na internet — a meta era não perder o contato com seus usuários e levar suas iniciativas culturais e de incentivo à leitura para audiências de outros estados.

Projetos como o Prêmio Biblioteca Digital, o selo editorial Biblioteca Paraná e o jornal Cândido, entre outros, levaram o site da instituição a registrar um aumento de 75% do número de acessos com relação a 2020. Nas redes sociais, as ações da BPP alcançaram cerca de 400 mil pessoas entre janeiro e o início de dezembro.

A partir do segundo semestre, a Biblioteca Pública se voltou para a retomada das atividades presenciais, iniciando um movimento gradual de reabertura concebido de acordo com protocolos de combate ao novo coronavírus adotados pelas principais bibliotecas do país e do Exterior.

“A BPP tem uma especificidade quanto à natureza dos seus serviços que inclui o manuseio de materiais, empréstimos de livros, circulação e permanência nas salas de leitura. Por isso pensamos numa retomada gradual e responsável de nossas atividades, que vem ocorrendo desde agosto”, diz o diretor da instituição, Luiz Felipe Leprevost.

“Fizemos a Flibi (Festa Literária da Biblioteca) deste ano no esquema presencial levando em conta tudo pelo que passamos e entendendo que era muito importante proporcionar um reencontro da BPP com o seu público. Foi uma festa linda, que apontou e segue reverberando na direção da reabertura total, em janeiro de 2022”, acrescenta Leprevost.

Realizada no dia 11 de dezembro, o evento reuniu atrações gratuitas para adultos e crianças nas áreas de literatura, música, cinema e artes gráficas. Um dos destaques da programação foi A Banda Mais Bonita da Cidade, que encerrou o dia de atividades apresentando seu primeiro show presencial desde o início da pandemia.

COLEÇÃO – Para comemorar seu aniversário de 164 anos, a Biblioteca lançou em março uma coleção digitalizada com todos os livros publicados pelo seu braço editorial, o Selo Biblioteca Paraná, criado em 2011. São mais de 40 títulos, anteriormente disponíveis apenas em formato físico e que agora podem ser baixados gratuitamente no site da instituição. Entre as obras oferecidas estão antologias de autores paranaenses, resgates literários importantes, coletâneas com entrevistas publicadas no jornal Cândido, obras vencedoras dos concursos promovidos pela BPP e séries como Um Escritor na Biblioteca e Roteiro Literário. Os livros já foram baixados por mais de 10 mil leitores.

CÂNDIDO – Também lançado em 2011, o Cândido comemorou uma década de circulação ininterrupta com a estreia de um novo projeto gráfico, voltado para a leitura e distribuição em meios digitais. Único jornal literário editado por uma biblioteca pública no Brasil, a publicação mensal ainda trouxe mudanças em sua linha editorial, cada vez mais direcionada para a discussão de assuntos urgentes, conectando-os com o universo da literatura e das artes em geral. Durante 2021, seu conteúdo chegou a cerca de 60 mil leitores.

Criado para fomentar a produção e circulação de livros durante a pandemia, o Prêmio Biblioteca Digital selecionou obras inéditas em quatro categorias: Romance, Conto, Poesia e Infantil. Os três primeiros colocados de cada categoria receberam prêmios em dinheiro e tiveram seus livros publicados no formato de e-book pelo selo Biblioteca Paraná (e disponibilizados para download gratuito no site da BPP).

Em sua segunda edição, cujos vencedores foram anunciados no dia 15 de novembro, o concurso superou a marca de inscrições do ano anterior e teve 1,3 mil livros enviados por autores de todo o país, além de brasileiros residentes no Exterior.

As atividades da Biblioteca Pública do Paraná na internet ainda incluem a promoção de lives com escritores, oficinas a distância, interações com o público nas redes sociais e ações específicas para as crianças, com destaques para os projetos Hora do Conto Virtual (contações de história no YouTube) e Era Uma Zine (publicação online com propostas de atividades e conteúdos sobre literatura, cultura e artes), que juntos atingiram cerca de 50 mil pessoas ao longo do ano.

AEN

Deixe um comentário

Estamos felizes por você ter optado por deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de comentários.