Ouça agora na Rádio

Paraná Aventura vai incentivar o ecoturismo e o turismo de aventura

Divulgação

Postado em 18/03/2022 por

Compartilhe agora

Entre as ações previstas estão a capacitação, regulamentação e promoção de atividades em Unidades de Conservação

Com objetivo de tornar o Paraná referência na prática de atividades de ecoturismo e turismo de aventura de forma segura e legalizada, serão apresentadas ações do Paraná Aventura na próxima segunda-feira (21), a partir das 19h, em evento realizado na Ópera de Arame. As atividades do programa têm como foco capacitar empresários e condutores, regulamentar a atuação dentro de Unidades de Conservação (UCs) e promover o turismo. O Programa é realizado pelo do Sebrae Paraná, em parceria com a Paraná Turismo, Instituto Água e Terra (IAT) e Fecomércio PR. As inscrições para o evento estão disponíveis aqui: bit.ly/3CRzeli

A iniciativa terá como principais pilares a capacitação, realizada pelo Sebrae Paraná; a promoção das iniciativas, responsabilidade da Paraná Turismo; a regulamentação das atividades e do uso público, que será realizada pelo IAT; e a capacitação de condutores para as UCs regularizadas para uso público, por meio da Fecomércio PR.

“Nessa área, as pessoas compram a diversão, elas estão em busca de uma experiência, um momento ímpar em suas vidas e a empresa precisa vender segurança. Como fazer essa composição? Por meio do programa, queremos levar qualificação para os processos de gestão, a regulamentação e o uso sustentável para que o empreendedor possa buscar as licenças para o uso desses espaços”, diz a consultora do Sebrae Paraná, Patricia Albanez.

Entre as ações previstas para 2022 e 2023, estão o lançamento de normas que irão orientar as empresas para que seja possível a atuação nas Unidades de Conservação, além da liberação do uso de motorhome nos locais adequados.

Ao todo, o Estado possui 278 atividades de ecoturismo, 66 de turismo de aventura e cerca de 200 empresas mapeadas com potencial de movimentar o setor, gerando emprego e renda. As Cataratas do Iguaçu, localizadas no Parque Nacional do Iguaçu, os Arenitos, no Parque Vila Velha, e o Cânion Guartelá, no Parque Estadual do Guartelá, são exemplos de Unidades de Conservação presentes pelo Estado.

“O Paraná possui hoje seus principais pontos turísticos nas Unidades de Conservação, que possuem critérios e regras para sua utilização. Com esse projeto, queremos qualificar os empresários, a sociedade civil, e promover o desenvolvimento sustentável nesses espaços”, diz o diretor de Patrimônio Natural do IAT e diretor de Políticas Ambientais da Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo (Sedest), Rafael Andreguetto.

O evento contará ainda com a palestra “A importância da gestão da segurança” com a presença de Leonardo Persi, analista de negócios do Sebrae São Paulo e especialista na área. Ainda serão realizadas assinaturas de termo de compromisso e de cessões do uso das unidades de conversação em prol da aventura segura.

Sobre o Sebrae 50+50

Em 2022, o Sebrae celebra 50 anos de existência, com atividades em torno do tema “Construir o futuro é fazer história”. Denominado Projeto Sebrae 50+50, a iniciativa enfatiza os três pilares de atuação da instituição: promover a cultura empreendedora, aprimorar a gestão empresarial e desenvolver um ambiente de negócios saudável e inovador para os pequenos negócios no Brasil. Passado, presente e futuro estão em foco, mostrando a evolução desde a fundação em 1972 até os dias de hoje, com um olhar também para os novos desafios que virão para o empreendedorismo no país.

Assessoria

Deixe um comentário

Estamos felizes por você ter optado por deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de comentários.